novembro 09, 2010

Desabafo.

Aparento ser tranquila, mas é mentira. Sou boa com interpretações. Sou de Escorpião, e amo isso. Gosto muito de chocolates, mas odeio doces caseiros. Sou extremamente insegura de mim. Me acho feia, boba, e burra. Gosto muito de rir, sou muito animada e tenho uma mania terrível de gritar, hahaha. Gostaria muito que o tempo passasse mais lentamente, e que os momentos bons pudessem agir como deja vú. Eu sonho, e infelizmente isso não em adianta de muita coisa, a não ser as decepções ou as alegrias de ganhar algo maior que o esperado. Gosto muito de música, e fones de ouvido me fazem viajar a qualquer momento, em qualquer lugar. Acredito que todos no mundo deveriam ir a um psicólogo, e comer chocolate quando estão nervosos. Não aparento mas sou muito nervosa, é que desconto tudo em minhas unhas. Vivo tentando mudar minha maneira de ser, o meu físico e o meu sentimental, e por mais que eu diga que não, sempre da certo. Odeio errar, e não gosto de pedir perdão. Não gosto de pessoas controladoras, acredito na liberdade e no direito de todos. Odeio manifestantes e respeito meus professores como respeito meus pais. Quando sofro, não falo, não apresento, não absorvo nada que possa me fazer bem. Apenas sinto uma tristeza imensamente grande em meu peito. Eu queria conhecer a Grécia, viver na Finlândia e casar na Bulgária. Queria ter um namorado, que fosse apenas meu pelo resto da minha vida. Não consigo ter raiva das pessoas, e ninguém me tirou do sério até hoje. Odeio tampas de rosquiar, elas me deixam muito nervosa. Me sinto muito bem quando um garoto diz que sou bonita. Algo que me deixa alegre é ouvir que tenho um lindo sorriso. Gosto de ouvir o que os outros tem a me dizer, e rio das histórias dos meus amigos. Sou ciumenta, e extremamente possessiva. Me acho extremamente chata, e muito sabe tudo. Adoro saber que algumas pessoas gostam de mim, e fico muito feliz quando ouço um sincero " eu te amo". Não gosto de ficar contando minha vida pra ninguém, não tenho importância pra isso. Me irrita que as pessoas folguem nas minhas costas e eu me apaixono por garotos que nunca são normais na sociedade, hahaha. É dificil eu dizer te amo para alguém, mas quando digo é porque é verdade. Odeio dar uma de meninha fútil e carente. Queria que nosso país fosse um Império, e gostaria de não precisar fazer uma prova pra entrar na faculdade. Sempre que vou ironizar alguma coisa uso o adjetivo "lindo" no final da frase, é uma mania! Haha! Eu gosto de pensar, mas às vezes isso queima meus neurônios. Sempre esqueço de mim para lembrar dos outros. Não gosto de gastar dinheiro atoa, e se pudesse compraria uma enorme biblioteca. Acredito em Deus com todas as minhas forças, e sei que ele vai me guiar. Quando choro, entro em um desespero profundo e as lágrimas debulham sobre minha face de uma maneira aterrorizadora. Sempre penso no amanhã e no ontem. Já tive vontades estranhas, e presentes comuns. Não gosto de ser normal e muito menos de chamar a atenção. Não arranjo brigas, e sempre fiz o estilo paz e amor. Ninguém nunca percebeu, mas sou uma pessoa muito brava e enérgica, gosto de impor minhas palavras e decisões, mas não funciosa porque sou muito boazinha. Amo minha familia, e tenho mania de dizer que meu pai é meu coroa. Por mais que eu brigue com eles, e me sinta magoada com algumas de suas frases, me faz bem ter essa familia unida para todos os momentos. Sempre fui meio rebelde, e isso me diferencia e acho que faz com que meus pais gostem mais de mim. Gosto de verduras, frutas, legumes e não tenho nenhum preconceito contra o verde. Não sou hippie, mas gostaria de ter ido a Woodstock! Gosto de rock, mas tenho um fraco por música clássica. Prefiro comer batata frita do que beijar, mas acho que os dois são bons. Gostaria que todas as crianças tivessem um lar, e que pudessem ver que o mundo não é tão cruel. Não sou fria, mas tenho dificuldade em chorar e em expressar sentimentos. Não ligo para os 15 anos, acho que tudo é mesma coisa. Mas minha mãe me diz que depois disso tudo passa mais rápido. Gostaria de ter asas, mas não para voar. Não gosto de pessoas arrogantes e petulantes, mas me encanta a ironia e o humor negro. Meu mais profundo desejo é ser feliz, mas daria minh felicidade por aquele que amo. Shakespeare me encantou com sua peças, e superou todas as modalidades que o amor tinha para mim. Amor não tem explicação, não tem comentário, tem apenas apreciação. Desculpas? É uma palavra em vão, mas sua atitude pode mudar grandes homens e modelar grandes corações. Nada volta atrás, o tempo não para e as coisas não mudam. Mas eu acredito que as pessoas possam crescer e amadurecer, e que o que realmente importa é a melhor tentativa de sobreviver com a felicidade. Para mim, a morte não passa de um estágio de descanso, e que logo tudo vai ser diferente. O maior medo que tenho, é saber que existe algo para temer. Eu gostaria de ter mais problemas, assim teria um penssamento mais profundo. Sou rancorosa, e perdi muitas pessoas queridas com este defeito. Sou orgulhosa, maliciosa e realista, perdi amigos com estes defeitos. Sou fiel, e traição é algo que para mim, merece a pior das vinganças. Gosto da palavra "minuto" e odeio a palavra "sádico". Isso não é uma apresentação, é um desabafo. Minha vida é um filme que passa diante dos meus olhos, e a pior verdade, é que sou eu quem escolhe a próxima cena.

agosto 12, 2010

Um dia você aprende.

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você é na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que você mesmo pode ser. descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não lhe dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar isso. Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto,plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar.

William Shakespeare.

julho 20, 2010

Utopia.

Eu já tive um mundo só meu. Nele prevalecia apenas aquilo que me fazia bem, que me dava prazer. As cores eram essenciais; as essências eram de rosas. As flores que enfeitavam meus jardins eram grandes e belas tulipas negras. Não havia dia, mas apenas a noite escura; com belas estrelas e uma lua bem grande. Uma galaxia perfeita repleta de desejos inalcanssáveis na Terra. Tudo o que senti eu guardei naquela pequena utopia, preenchendo um pequeno vazio do meu coração. Grandes casas feitas de madeira guardavam meus mais profundos segredos. As janelas eram grandes e bem abertas, a porta era pequena e arredondada. O jardim suspenso entre grandes colunas gregas de mármore branco. Tudo branco. A paz prevalecia juntamente com a guerra. O homem faz da guerra a sua paz. Depois de ter feito esse pequeno mundo turbulento, eu o chamei de Atenas; sempre gostei desse nome. Atenas é a deusa da sabedoria. Atenas é aquilo que eu sempre sonhei pra mim, mas infelizmente não pude ser egoísta e muito menos muito sonhadora. Ás vezes a realidade nos torna pessoas sem vontade própria, sofrendo apenas com a crueldade inpiedosa que nos é imposta na sociedade. Incapazes de mudar o mundo, nós apenas vivemos de uma forma que ao menos nos seja confortável, certo? Tentando viver bem, amenizando preconceitos, classes sociais e etc. Sei que parece exagero; eu também achava que fosse. Mas percebi que não é! Não é! Pare e pense no que mudou nos últimos cem anos e me diga; Não gostaria de viver uma utopia? É bom sonhar, o ruim é ter a decepção de que eles jamais se realizaram. Mas sabe, durante todos os anos da minha pouca experiência de vida; aprendi que nós temos que acreditar, temos de ter fé até nas horas mais sombrias da nossa jornada. Tudo tem um sentido simples, tudo tem uma explicação absurda mas real! Acredite, tenha fé. A felicidade é um sentimento tão puro e inacreditável! Nunca estamos completos e felizes, sempre falta algo. Mas é isso que nos torna feliz! Sempre buscar pela felicidade, em busca de mais utopia! É isso que faz de nós seres humanos. Apenas nós sabemos o que é buscar pelo amor, buscar por caminho sem fim! Acredite, acredite! Aproveite ao máximo seus sonhos, sua realidade. O maior louco é aquele que vive eternamente sóbrio. Viva utopia; seja insano por alguns minutos, mas viva intensamente cada segundo e acredite. Acredite.